Rádio Embalo Jovem

Notícias »noticia

16/09/2020 às 14:00


ELEIÇÕES 2020:Passada as convenções, aberto o prazo para impugnações das candidaturas, destaca Gilmar Cardoso


O advogado Gilmar Cardoso esclareceu que passado o prazo para que os partidos políticos promovessem as convenções para a escolha dos candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores (de 31 de agosto a 16 de setembro), agora as atenções estão voltadas para o acompanhamento do processo de registro das candidaturas para as eleições de 15 de novembro.

A Resolução TSE nº 23.609/2019 estabelece que qualquer cidadão pode concorrer às eleições desde que cumpra as condições constitucionais e não esteja impedido por qualquer causa de inelegibilidade prevista em lei. Cada partido político ou coligação poderá solicitar à Justiça Eleitoral o registro de um candidato a prefeito e um a vice-prefeito. Somente partidos poderão requerer o registro de candidatos a vereador, no limite de uma vez e meia ao do número de vagas disponíveis na Câmara Municipal, até o dia 26 de setembro. No caso de o partido político ou coligação não solicitarem o registro de seus candidatos, estes poderão requerer o registro no prazo máximo de dois dias após a publicação do edital de candidatos do respectivo partido ou coligação no Diário de Justiça Eletrônico (DJe), explicou o advogado Gilmar Cardoso.

As condições de elegibilidade e as causas de inelegibilidade que, porventura, atinjam o postulante a candidato devem ser verificadas pela Justiça Eleitoral no momento do pedido de registro, ressalvadas as alterações fáticas ou jurídicas posteriores ao registro, descreve Gilmar Cardoso.

Segundo o advogado, a lei prevê que cabe a qualquer candidato, partido político, coligação ou ao Ministério Público, no prazo de 5 (cinco) dias, contados da publicação do edital relativo ao pedido de registro, impugná-lo em petição fundamentada e subscrita por um advogado, nos mesmos autos do pedido de registro respectivo.. Gilmar Cardoso explicou que impugnar é contestar, opor-se, demonstrar contrariedade com o objetivo que a Justiça Eleitoral reprove o pedido de registro que está sendo analisado.

O candidato questionado e seu partido ou coligação devem ser citados para, dentro de sete dias, contestarem a impugnação ou se manifestarem sobre a notícia de inelegibilidade. Essa citação refere-se, ainda, à possibilidade de juntada de documentos, à indicação de lista de testemunhas e ao requerimento para a produção de outras provas. A resolução prossegue com os trâmites do pedido de impugnação até o seu julgamento.

Gilmar Cardoso explica que além disso, qualquer cidadão no gozo de seus direitos políticos pode, no prazo de cinco dias, contados da publicação do edital relativo ao pedido de registro, encaminhar notícia de inelegibilidade de candidato ao órgão competente da Justiça Eleitoral para a apreciação do registro, também mediante petição fundamentada. Essa notícia de inelegibilidade será juntada aos autos do respectivo pedido de registro.

Porém, a resolução do TSE faz o alerta de que será considerada crime eleitoral a arguição de inelegibilidade ou a impugnação de registro de candidatura, com fundamento em interferência do poder econômico, desvio ou abuso do poder de autoridade, que for deduzida de maneira temerária ou motivada por má-fé. Nesses casos, os infratores ficam sujeitos a uma pena de seis meses a dois anos de detenção e multa.

O advogado Gilmar Cardoso explica também que em outro ponto, o texto esclarece que o candidato que estiver com o registro sub judice – ou seja, em fase de julgamento definitivo pela Justiça Eleitoral – pode realizar todos os atos de campanha, inclusive utilizar o horário eleitoral gratuito no rádio e na televisão e ter seu nome mantido na urna eletrônica, enquanto estiver nessa condição.

A resolução informa que, transitada em julgado ou publicada a decisão proferida por órgão colegiado que declarar o candidato inelegível, será indeferido o registro ou declarado nulo o diploma, se já expedido, concluiu Gilmar Cardoso.

NOVAS ELEIÇÕES

O advogado Gilmar Cardoso reiterou que o Plenário do Supremo Tribunal Federal - STF reafirmou em julgamento realizado em março de 2020, sobre a  necessidade de novas eleições no caso de indeferimento de registro de candidato eleito.

De acordo com as informações do advogado, o  Supremo Tribunal Federal (STF) declarou a constitucionalidade de dispositivo do Código Eleitoral que determina a realização de novas eleições sempre que ocorrer o indeferimento do registro de candidato vencedor de eleição majoritária, independentemente do número de votos então anulados.  Gilmar Cardoso descreveu que no julgamento da matéria, que teve repercussão geral reconhecida (Tema 986), foi fixada a seguinte tese: “É constitucional o parágrafo 3º do artigo 224 do Código Eleitoral (Lei 4.737/1965) na redação dada pela Lei 13.165/2015, que determina a realização automática de novas eleições independentemente do número de votos anulados sempre que o candidato eleito no pleito majoritário for desclassificado por indeferimento do registro de sua candidatura em virtude de cassação do diploma ou mandato”.

Por: Olho Aberto Paraná


Mais sobre »noticia

  • Advogado Gilmar Cardoso responde qual é o direito do empregado da iniciativa privada que se candidatou a cargo eletivo

    19/09/2020

    Empregados da iniciativa privada – Indaga-se se o empregado da iniciativa privada,candidato a cargo político eletivo, ..

    »noticia

  • POSSE DE ARMA:Adquira sua arma (longa ou curta) legalmente; Saiba como

    19/09/2020

         ADQUIRA SUA ARMA LEGALMENTELaranjeiras do Sul e região agora tem representante da loja Pesca e Cia ..

    »noticia

  • Lava Car Água Verde há anos oferecendo o melhor serviço de lavagem para o seu carro

    19/09/2020

       Seu carro tá sujo, aparência não ta legal né?! Tá sem tempo para lavar? Nós temos uma dica para você ..

    »noticia

  • TOLERÂNCIA ZERO:Motorista Bêbado e com a CNH Cassada tenta fugir da ROTAM e acaba preso no centro de Laranjeiras do Sul

    19/09/2020

    CONDUZIR VEÍCULO AUTOMOTOR COM CAPACIDADE PSICOMOTORA ALTERADA EM RAZÃO DA INFLUÊNCIA DE ÁLCOOL OU DE OUTRA SUBSTÂN ..

    »noticia

  • Chegou em Laranjeiras do Sul a Master Pizza Delivery

    19/09/2020

        A Master Pizza é uma pizzaria que atenderá DELIVERY, isso, você liga, faz o seu pedido e em poucos ..

    »noticia

  • Laranjeiras do Sul:Jabuti especialista em serviços hidráulicos está de endereço novo

    19/09/2020

        A Jabuti serviços hidráulicos está de endereço novo, na Avenida Santos Dumont, ao lado da Dallast ..

    »noticia


Rádio Embalo Jovem Copyright © 2020 - Desenvolvido por Guaracast